quinta-feira, 20 de julho de 2017

Francisco Nunes é o candidato do Movimento Independente Marvão para Todos a Presidente da Junta de SA das Areias



Francisco Nunes, o popular “Chico Barril” como é conhecido por todos, é o candidato do Movimento Independente Marvão para Todos a Presidente da Junta de SA das Areias.


Francisco Nunes tem 58 anos, é natural do concelho de Portalegre mas está radicado em Santo António das Areias há cerca de 40 anos, freguesia onde casou, que escolheu para viver e é pai de 2 filhos.

O Chico, apesar da sua incapacidade física, já fez quase tudo na vida: pedreiro, barbeiro, empregado de balcão, massagista, motorista, assistente operacional na área da saúde, etc.; mas onde sem tem notabilizado é na sua arte ligada à cozinha, nomeadamente, um exímio assador de suínos, que são a delícia gustativa de muitos marvanenses. 





À beira da sua reforma profissional, o Chico quer continuar a servir a sua comunidade e chegou agora a hora de se apresentar como candidato a Presidente de Junta da sua Freguesia adotiva à frente de uma vasta equipa de bons arenenses candidatos à Assembleia de Freguesia, dos quais destacamos:

- Pedro Vaz, 33 anos, Operador de Máquinas;
- Ana Isabel Gavancha, 43 anos, Assistente Administrativa;
- José Manuel Silva, 57 anos, Ferroviário;
- Luís Carlos Andrade, 27 anos, Empregado de Balcão;
- Ana Rita Nunes, 29 anos, Empregada de Balcão;
- Manuel Pires Dias, 81 anos, Reformado;
- Catarina Isabel Gavancha, 27 anos, Auxiliar de Serviços Gerais;
- Francisco José Batista, 50 anos, Pedreiro;
- Rosa Caldeira, 59 anos, Empregada de Agência Funerária;
- Pedro Bengala Martins, 29 anos, Desempregado;
- Natália Diogo, 35 anos; Auxiliar de Serviços Gerais;
- Vítor Fernandes Alves, 51 anos, Produtor agrícola;
- Cristina Roque da Paz, 44 anos, Operadora de Máquinas;
- Tiago Maia, 26 anos, Vendedor de Pão;
- Natália Andrade, 34 anos, Enfermeira;
- João Ricardo Carlos, 25 anos, Barbeiro;
- Carla Madeira, 21 anos, Estudante.

Esta candidatura não é contra ninguém, é uma alternativa independente e democrática para SA das Areias e respeitará todas as outras alternativas. Entre outras medidas esta candidatura propõe-se a:

- Colaborar com a Câmara Municipal nas atribuições conjuntas;
- Representar todos os arenenses na resolução das suas necessidades;
- Criar e celebrar o dia da Freguesia enquanto data de união e convívio entre todos os arenenses;
- Apoiar e colaborar com todas as associações e comissões de festas da Freguesia;
- Assegurar atempadamente a limpeza e manutenção dos caminhos rurais;
- Garantir e colaborar na limpeza e embelezamento de todas as povoações da Freguesia;
- Implementar um roteiro turístico de Choças e Fornos;
- Construir um telheiro e acesso para pessoas com mobilidade reduzida na casa mortuária;
- Incentivar a natalidade e apoiar os recém-nascidos da Freguesia;
- Afectar a carrinha da Junta às necessidades de funcionamento da Instituição. 


                                                     Os candidatos à Assembleia de Freguesia de SA das Areias


terça-feira, 4 de julho de 2017

A instrumentalização partidária de algumas Associações do concelho de Marvão


Uma instrumentalização inaceitável!

Além do trabalho de preparação do complexo processo de candidatura, o Movimento Independente “Marvão para Todos” tem vindo a auscultar as associações do concelho. Nalguns desses contactos, e noutros de âmbito individual, foi-nos transmitida a preocupação com a partidarização evidente em algumas das mais importantes instituições de cariz social do nosso concelho.

Essas instituições desenvolvem uma missão fulcral na proteção daqueles que mais precisam - os idosos. Por isso, julgamos que não devem deixar-se manipular pelas máquinas partidárias. Todos aqueles (directores, colaboradores, etc) que contribuíram para o nascimento e desenvolvimento dessas instituições, a população em geral e, sobretudo, os idosos que dela “dependem” não merecem essa instrumentalização.

Para além do actual executivo ter feito algum aproveitamento partidário em algumas associações em todo o mandato, temos assistido, ultimamente, com alguma perplexidade à utilização da imagem de algumas Associações na promoção de candidaturas partidárias.   

O Movimento Independente “Marvão para Todos” repudia, assim, toda a manipulação política dessas importantes instituições do concelho, pois considera que as mesmas devem ser completamente independentes, concentrando as suas energias na defesa dos seus superiores interesses e, principalmente, dos seus utentes.

Às instituições políticas, consideramos, cabe apenas e só o papel de apoiar incondicionalmente e, porventura, contribuir para a melhor organização possível das mesmas por todo o território marvanense. Os dirigentes associativos que se encontram a disputar as presentes eleições autárquicas devem discernir, muito bem, onde acaba o seu papel de dirigentes associativos e onde começa o seu papel de candidatos, para não inquinarem mais a democracia.   

Incitamos assim, todos os marvanenses a estarem atentos, a denunciarem e repudiarem estas situações que em nada dignificam a política marvanense. O Marvão para Todos não hesitará, futuramente, em denunciar publicamente estas situações.


                                                   A Coordenação do Marvão para Todos